Nosso Objetivo

Minha foto
Representar perante as Autoridades Administrativas e Judiciais, na Defesa dos Direitos e dos Interesses gerais da categoria profissional de Agentes de Saúde Ambiental e Combate de Endemias, bem como os interesses individuais de seus associados.

terça-feira, 26 de maio de 2009

COMPANHEIROS, VAMOS PRESSIONAR!!!

AMANHÃ, ASSEMBLEIA DOS SERVIDORES DA PREFEITURA DO RECIFE, NO PÁTIO DA CÂMARA DOS VEREADORES, ÀS 9h DIA 27 DE MAIO DE 2009

PAUTA: CAMPANHA SALARIAL 2009

À LUTA!
Postado por forumdeeducaçãodosindsepre às 12:49 0 comentários
Recife não fecha acordo e ainda negocia reajuste com servidores
POSTADO ÀS 20:26 EM 25 DE Maio DE 2009
No Recife, a pressão dos servidores não foi suficiente para o fechamento de um acordo com a PCR.
A pauta unificada de reivindicações, constando 13 itens foi entregue à PCR durante reunião na última sexta-feira (22).
Nesta segunda, a Prefeitura do Recife recebeu os representantes do Fórum dos Servidores Municipais do Recife, mas nenhum acordo foi fechado. Uma nova reunião está marcada para a próxima quarta-feira (03/06), às 16h, no mesmo local.
Dentre os pontos abordados hoje estavam: reajuste salarial de 12,5%, aumento do valor do vale refeição de R$ 9 para R$14; reajuste por tempo de serviço que passaria dos atuais 1,5% para 2,5%.
Dos itens propostos os que avançaram nas negociações foram: criação de comissões para discutir os pontos do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS), formulação do PCCS para os Agentes Comunitários de Saúde (ACS) que não foram contemplados e, para os ACS que já possuem, reformulação das cláusulas.
Para as demais categorias, os secretários estipularam para esta terça-feira, o início das reuniões das Mesas Específicas - Educação e Saúde - para que o restante dos servidores também possa fazer suas colocações quanto aos pontos da pauta unificada.
Segundo o secretário de Articulação e Gestão de Pessoas, Fernando Nunes, a proposta da PCR é colocar em discussão e atender reivindicações, mas deixou claro que algumas não poderão ser contempladas.
"O momento é de extrema dificuldade para o País, o que se reflete na administração pública. O Governo Federal sofreu com a queda da arrecadação de mais de R$ 57 bilhões; o Estadual deixou de arrecadar cerca de R$ 600 milhões e isso se reflete na Prefeitura do Recife. Apesar de não podermos atender todas as reivindicações, não podemos falar em impasse. É normal que existam algumas pendências, que serão resolvidas. A Mesa Permanente de Negociações continua aberta, em funcionamento. Há um ambiente propício para que todas elas sejam resolvidas", reforçou o secretário.
"Levamos em consideração a crise econômica, mas precisamos de uma avaliação concreta do que foi solicitado à PCR", ressaltou Glaucos Lima, coordenador do Fórum e diretor regional da Central Única dos Trabalhadores (CUT).
Ainda de acordo com Glaucos Lima, os servidores acreditam que as negociações precisam avançar mais, para que todas as categorias sejam contempladas.
"Eu acho que, durante essa reunião, houve pequenos avanços, nas cláusulas que não teriam nenhum tipo de empecilho político ou de gestão. Minha preocupação são as cláusulas financeiras, que eu acho serem as mais difíceis de chegarmos a um consenso. Espero que o esforço de ambas as partes construa esse entendimento", afirmou Glaucos Lima.
No encontro de hoje participaram o secretário de Administração e Gestão de Pessoas, Fernando Nunes; Saúde, Gustavo Couto, e Educação, Cláudio Duarte, além de representantes do Fórum dos Servidores Municipais do Recife, dentre eles Sindicato dos Músicos, dos Assistentes Sociais, Professores, Saúde.
Postado por Jamildo Melo, no BLog

3 comentários:

  1. Data: 28/05/2009 09:06
    De: REGINALDO

    Assunto: PEC 323/2009 PISO SALARIAL NACIONAL DOS AGENTES DE ENDEMIAS
    ATT:DEPUTADO FEDERAL VICENTE ARRUDA RELATOR DA PEC323/2009-PISO SALARIAL NACIONAL DOS AGENTES DE ENDEMIAS E AGENTES COMUNITARIOS DE SAÚDE.

    ILUSTRE DEPUTADO,NOSSA CATEGORIA AGRADECE SUA RELATORIA EM RELAÇÃO A PEC323,POIS A REDAÇÃO DA LEI 11.350/06,TRATA DA CONSTITUCIONALIDADE LEGAL,A QUAL CONTÉM A TABELA SALARIAL DE CLASSES E NÍVEIS DOS AG.DE COMBATE AS ENDEMIAS MUNICIPAIS.DIANTE DO EXPOSTO,REIVINDICAMOS QUE O TEXTO DA REFERIDA LEI,JUNTO A PEC323,ATRAVÉS DE EMENDA,OBRIGUEM OS MUNICIPIOS A CUMPRIREM A TABELA SALARIAL DOS AG.DE COMBATE AS ENDEMIAS MUNICIPAIS,QUE A ESPECIFICIDADE DA LEI NOS GARANTE TAL DIREITO,EVITANDO ASSIM,INCONSTITUCIONALIDADE E PROCESSOS JUDICIAIS FUTUROS,POR A MESMA, JÁ EXISTIR.ESPERAMOS QUE ATRAVÉS DESSA EMENDA,OS MUNICÍPIOS CUMPRAM COM A LEGISLAÇÃO, REINVINDICAMOS A IMPLANTAÇÃO DA *-TABELA SALARIAL CONSTANTE NA LEI (11.350/06) JÁ VIGENTE.( PARA MAIORES INFORMAÇÕES,ENTRE EM CONTATO COM NOSSOS REPRESENTANTES JURÍDICOS- e-imail:acciolyadv@yahoo.com/fones(081)3327-7835

    ResponderExcluir
  2. Data: 02/06/2009 09:00
    De: Ademar
    IP: 201.24.151.167
    Assunto: Piso salarial dos médicos!E O NOSSO?
    TRABALHO APROVA PISO DE 7 MIL PARA MÉDICOS

    A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público aprovou, na última quarta-feira (27), proposta que fixa o piso salarial de médicos em R$ 7 mil. O texto aprovado foi o substitutivo do deputado Mauro Nazif (PSB-RO) ao Projeto de Lei 3734/08, do deputado Ribamar Alves (PSB-MA).

    A proposta também estabelece que a remuneração desses profissionais deverá ser reajustada anualmente pela variação acumulada do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), calculado mensalmente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

    Vigora atualmente a Lei 3.999/61, que trata do salário mínimo e carga horária dos médicos. Ela determina que esse valor seja de três vezes o salário mínimo vigente, o que hoje corresponde a R$ 1.245.

    Vamos pensar!
    Se dentro de menos um ano eles aprovam piso para médicos, sinal que a crise não é desculpa, não que eles não mereçam, é claro, mas o sálario do agente é uma miséria para tudo que nós fazemos. Então porque não aprovam propostas de piso para nós, sendo que existem propostas do piso salarial dos agentes paradas na câmara dos deputados desde 2007.

    ResponderExcluir
  3. Data: 02/06/2009 09:00
    De: Ademar
    IP: 201.24.151.167
    Assunto: Piso salarial dos médicos!E O NOSSO?
    TRABALHO APROVA PISO DE 7 MIL PARA MÉDICOS

    A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público aprovou, na última quarta-feira (27), proposta que fixa o piso salarial de médicos em R$ 7 mil. O texto aprovado foi o substitutivo do deputado Mauro Nazif (PSB-RO) ao Projeto de Lei 3734/08, do deputado Ribamar Alves (PSB-MA).

    A proposta também estabelece que a remuneração desses profissionais deverá ser reajustada anualmente pela variação acumulada do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), calculado mensalmente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

    Vigora atualmente a Lei 3.999/61, que trata do salário mínimo e carga horária dos médicos. Ela determina que esse valor seja de três vezes o salário mínimo vigente, o que hoje corresponde a R$ 1.245.

    Vamos pensar!
    Se dentro de menos um ano eles aprovam piso para médicos, sinal que a crise não é desculpa, não que eles não mereçam, é claro, mas o sálario do agente é uma miséria para tudo que nós fazemos. Então porque não aprovam propostas de piso para nós, sendo que existem propostas do piso salarial dos agentes paradas na câmara dos deputados desde 2007.

    ResponderExcluir

Sindasace News

Loading...