Nosso Objetivo

Minha foto
Representar perante as Autoridades Administrativas e Judiciais, na Defesa dos Direitos e dos Interesses gerais da categoria profissional de Agentes de Saúde Ambiental e Combate de Endemias, bem como os interesses individuais de seus associados.

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

João da Costa vai jogar R$ 63 milhões no Carnaval do Recife

Conforme antecipou o Blog de Jamildo, o prefeito do Recife anunciou a antecipação salarial dos servidores municipais referente ao mês de fevereiro.

A partir da próxima sexta-feira (20), o pagamento já estará disponível para os 33 mil servidores municipais das administrações direta, indireta, aposentados e pensionistas.

O valor da folha de pagamento para este mês é de R$ 63 milhões. Anteriormente previsto para o dia 27 de fevereiro, o pagamento foi antecipado em sete dias.

Segundo o prefeito João da Costa, a antecipação do pagamento dos servidores para este mês é fruto dos esforços que foram feitos pela Prefeitura do Recife para a redução de custos e o controle dos gastos do governo municipal no mês de janeiro.

"O pagamento dos servidores será feito na sexta-feira, dia 20 de fevereiro, antes do carnaval, permitindo que todos os servidores possam curtir a festa com tranqüilidade, podendo já antecipar seus pagamentos e, assim, evitar o gasto com juros e outras despesas", afirmou o prefeito.

POSTADO ÀS 10:24 EM 16 DE Fevereiro DE 2009

Um comentário:

  1. ANDRE SETTE disse...

    Sábado, 14 de Fevereiro de 2009(IMPLANTAÇÃO DE REMUNERAÇÃO CONSIGNADA PELA(UNIÃO) PARA AGENTES DE COMBATE ÀS ENDEMIAS MUNICIPAIS).*****
    Valtenir mobiliza deputados na luta pelos direitos dos agentes de saúde
    O presidente da Frente Parlamentar de Apoio aos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Endemias, deputado federal Valtenir Pereira, recolheu, esta semana, mais de 200 assinaturas de seus colegas de Casa para a proposta de emenda à Constituição, no 323/2008, que trata da regularização dos agentes de saúde e endemias no que diz respeito a desprecarização do trabalho e a incorporação ao quadro do funcionalismo público.

    No texto, apresentado por Valtenir, são acrescidos ao artigo 198 quadro incisos que tratam, respectivamente, dos salários dos agentes que são pagos pela União, mas Estados ou municípios poderão somar proventos extras como forma de valorização desse trabalho. Segundo o deputado, a intenção é aperfeiçoar o mecanismo já existente hoje.

    Em outro inciso, os recursos destinados à remuneração dos agentes serão consignados ao Orçamento Geral da União com dotação própria ou exclusiva, ou seja, não farão parte dos recursos da Saúde encaminhados aos municípios e serão repassados diretamentes aos agentes.

    Além disso, se estabelece um piso de dois salários mínimos e suas respectivas remunerações por insalubridade devido à função de alto risco que exercem. Para os deputados federais que compõem essa Frente Parlamentar, o maior objetivo é garantir o cumprimento da Emenda Constitucional nº 51/06, que assegura a efetivação desses profissionais pelas prefeituras de todo o país. Outra bandeira que a Frente Parlamentar defende é a regulamentação da profissão, que será possível com o cumprimento da Lei 11.350/06.

    "Considero que a efetivação dos agentes e a regulamentação da profissão são assuntos de grande importância para o Brasil, já que o trabalho desses profissionais é uma das mais importantes ações do maior programa de saúde preventiva do país, além de proteger e respeitar quem se dedica fielmente, há anos, ao cuidado com a saúde do povo, dando-lhes dignidade e qualidade de vida", disse Valtenir.
    Postado por Associação gonçalense dos ACS às 11:05 0 comentários
    17 de Fevereiro de 2009 06:26

    ResponderExcluir

Sindasace News

Loading...