Nosso Objetivo

Minha foto
Representar perante as Autoridades Administrativas e Judiciais, na Defesa dos Direitos e dos Interesses gerais da categoria profissional de Agentes de Saúde Ambiental e Combate de Endemias, bem como os interesses individuais de seus associados.

sexta-feira, 20 de março de 2009

Saúde Recife - Usuários de plano criticam serviços


ADRIANA LIBERATO reclama da falta de comunicação
JAMILLE COELHO

Usuários do plano Saúde Recife (dos servidores da Prefeitura do Recife) estão se queixando sobre serviços e procedimentos adotados pelo plano sem que, antes, sejam esclarecidos para os beneficiários. De acordo com a agente de Saúde Ambiental e Combate às Endemias da Prefeitura do Recife, Adriana Liberato, desde janeiro, o plano aumentou os valores a serem descontados referentes à mensalidade e à co-participação sem avisar previamente aos servidores.


Além disso, mesmo com o percentual de aumento, de 3,5% para 4,5% pela mensalidade, e de 10% para 20% da co-participação, a cada mês os funcionários são surpreendidos com diferentes taxas de descontos. Adriana também se queixa da dificuldade em registrar reclamações, pois é preciso se deslocar até a sede do Saúde Recife para ser atendido.


“O percentual de aumento deveria ter sido avisado porque só assim poderíamos optar em continuar ou não no plano. Em dezembro tive descontado, em meu contracheque, R$ 24,50. Já em janeiro o valor subiu para R$ 50 e mais R$ 5,40 da co-participação. Em fevereiro, foi subtraído do meu salário R$ 53,22 e mais R$ 26,04 de co-participação”, afirmou Adriana.


Já o funcionário Francisco Jacó reclama que o plano não é nada transparente. “Os descontos estão sendo feitos além da nossa faixa salarial. E o plano não disponibiliza um demonstrativo especificando os custos mensais”.


A presidente do Saúde Recife, Ada Siqueira, declarou que o aumento foi acatado com base na lei 17527/09, que autoriza o Poder Executivo a praticar o reajuste no Saúde Recife e que a avaliação foi feita em instâncias coletivas, com membros do Governo Municipal, Câmara e entidades sindicais. Segundo ela, existe um percentual fixo de 4,5% sobre a remuneração recebida pelo servidor titular e percentuais complementares para cada dependente, de acordo com a faixa etária. Mas, se houver variação na remuneração, como recebimento de gratificação e férias, haverá aumento do desconto. Reclamações pelos telefones 3232-1630 ou 3232-1660.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Saúde em Foco

Loading...

Sindasace News

Loading...